Mato Grosso em suas mãos

11/08/2016 às 14:30


No próximo dia 19 de agosto a Entrelinhas Editora estará, finalmente, lançando o Atlas Geográfico de Mato Grosso, tendo a geógrafa, mestre e especialista em cartografia Leodete Miranda como autora e o designer gráfico Helton Bastos como colaborador. As atividades de planejamento, pesquisa, elaboração, design e produção cartográfica foram realizadas em quatro anos de trabalho buscando apresentar o conteúdo com o melhor design cartográfico e de informação para a publicação.

O novo Atlas Geográfico de Mato Grosso reúne um amplo conjunto de informações sobre aspectos naturais, sociais e econômicos do Estado, representados espacialmente e com infográficos. São 46 os temas apresentados na publicação didática que, segundo a editora Maria Teresa Carrión Carracedo “é indispensável para alunos e professores do Ensino Fundamental, Médio e Superior, gestores públicos e privados e profissionais de todas as áreas que precisem conhecer, compreender, planejar, gerir e atuar no espaço mato-grossense.”

A autora Leodete Miranda explica que a publicação foi estruturada para atender as necessidades de informação de diversas áreas do conhecimento de forma interdisciplinar, como orientam a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e as Diretrizes Curriculares Nacionais – com respeito à diversidade local, regional e estadual –, de forma a permitir a análise, compreensão e reflexão sobre o processo de construção do território mato-grossense.

Ao realizar esta publicação a editora e autores fazem uma homenagem à geógrafa Lenice Amorim, que faleceu em 2012 e que foi coautora, juntamente com Leodete Miranda, do primeiro Atlas de Mato Grosso que a Entrelinhas lançou em 2001. Naquela época alunos e professores não dispunham de mapas gerais ou temáticos para o ensino da Geografia de Mato Grosso ou como suporte para outras áreas, situação modificada com a entrada da Entrelinhas na produção de publicações didáticas. Aquela edição foi adotada na rede estadual de ensino de Mato Grosso e em muitas escolas particulares do Estado e vendeu mais de 30 mil exemplares.

“Elaboramos este Atlas atentos às necessidades de professores, alunos e profissionais de todas as áreas do conhecimento interessados em conhecer e compreender Mato Grosso – por considerar que este é o único caminho para vencer as fragilidades e maximizar suas potencialidades, para a edificação de uma sociedade alicerçada na ética, na educação e no conhecimento para o bem comum”, explica a editora Maria Teresa. “Todo cidadão mato-grossense precisar ter, na estante, pasta ou mochila, um exemplar desta publicação”, asseguram os autores e a editora.



Grandes temas e mapas do Atlas

Físico, Geologia, Geomorfologia, Solos, Recursos minerais, Clima, Vegetação, Hidrografia, Pantanal, Fauna, Impactos ambientais, Turismo, Terras indígenas, Unidades de conservação, A construção do território, Evolução político-administrativa, Político-administrativo, Microrregiões, Transporte, Energia, População, Fluxos migratórios interestaduais, Grupos sociais, Aspectos sociais e demográficos, indicadores sociais, Índice de Desenvolvimento Humano, Educação, Economia, Renda, Saúde, Moradia, Telefonia, Agricultura, Pecuária, Estrutura fundiária, Uso da terra e Logística de transporte. A publicação também apresenta um conteúdo com orientações básicas de Cartografia: Da imagem ao mapa, Paisagem transformada, Formas de representação da terra, As projeções cartográficas, Coordenadas geográficas e Escala.


Sobre os autores

LEODETE MIRANDA – É bacharel em Geografia pela UFMT, especialista em Cartografia pela UFMT/USP e mestre em Agricultura Tropical pela UFMT/Famev. Membro fundador do grupo de estudo e pesquisa de Cartografia Escolar da Sociedade Brasileira de Cartografia. Coordenadora e professora do Curso de Especialização em Planejamento Cartográfico da UFMT (2010-2013) e professora do Plano Nacional de Formação de Professores – Parfor. Geógrafa pesquisadora do Programa de Pós-graduação do Departamento de Geografia da UFMT.

HELTON PEREIRA BASTOS (colaborador) – Graduado em Educação Artística com licenciatura em Artes Plásticas pela Universidade de Cuiabá, e Comunicação Social com habilitação em Publicidade e Propaganda pelo Centro Universitário Unirondon. Mais cuiabano que jaciarense, trabalhou em algumas agências de publicidade, mas descobriu o amor pelo design editorial ao passar a maior parte da sua vida profissional trabalhando na Entrelinhas Editora, em Cuiabá. É programador visual no Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia de Mato Grosso – IFMT



Mais informações sobre o livro, neste link





 

Fonte: Assessoria

Formas de Entrega

Formas de Pagamento

Cartões de Crédito

Débito Automático

Boleto bancário

e-box ShopSitevip Internet