Páginas240

Formato16x23 cm

Papeloffset

Acabamentobrochura

ISBN978-85-7992-017-2

SeloEntrelinhas

CoeditorEdUFMT

ITALIANOS EM MATO GROSSO
Fronteiras de imigração no caminho das águas do Prata (1856-1914)

Desde muito Cristiane Cerzósimo vem investigando o processo migratório no território mato-grossense, a exemplo de Viveres, Fazeres e Experiências dos Italianos na Cidade de Cuiabá (1890-1930), no qual tratou, com muita propriedade, da imigração italiana para a capital do Estado. Avançando em suas investigações, a autora dilatou sua pesquisa para todo o território de Mato Grosso, tendo por base de mobilidade a entrada/saída de imigrantes pelo estuário do rio da Prata, na segunda metade do século XIX e primeiras décadas do XX, especialmente nas cidades portuárias de Corumbá, Cáceres e Cuiabá. Estes, majoritariamente, eram oriundos da região da Itália Meridional que, pressionados pelas condições do cenário europeu, foram atraídos para terras brasileiras, uruguaias e portenhas, onde se fixaram.
Elizabeth Madureira Siqueira

Indique esse livro

CRISTIANE CERZÓSIMO GOMES

Professora do departamento de História do Instituto de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal de Mato Grosso, UFMT e doutora em História Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo – PUC/SP. Licenciou-se em História pela UFMT (1991) e realizou a sua Especialização em História de Mato Grosso, nessa mesma Instituição (1998). É mestre em História Social pela PUC-SP (2001). Em 2005 publicou a obra Viveres, fazeres e experiências dos italianos na cidade de Cuiabá – 1890 a 1930, pela Entrelinhas Editora. Atualmente desenvolve o projeto de pesquisa Fronteiras, migrações e trabalho: os italianos nas usinas de açúcar em Mato Grosso (1870-1930). Nascida em Ponta Porã, MS, a autora é descendente de imigrantes italianos e espanhóis que chegaram em terras mato-grossenses no final do século XIX.

Formas de Entrega

Formas de Pagamento

Cartões de Crédito

Débito Automático

Boleto bancário

e-box ShopSitevip Internet